pexels-viajero-5126582_edited.jpg

Relatório

2021

Em breve.

Saiba Mais
pexels-tima-miroshnichenko-5452201.jpg

"A urgência do agora: racismo sistêmico e as lições de 2020"

Recomendações da AfroResistance para o Grupo de Trabalho de Peritos sobre Afrodescendentes (WGEPAD) durante a 27ª Sessão do Grupo de Trabalho de Peritos sobre Afrodescendentes na ONU

pexels-sora-shimazaki-5938389.jpg

Relatório 202o

Por meio de defesa, solidariedade internacional e construção de capacidade, AfroResistance tem trabalhado para garantir que mulheres negras e meninas liderem movimentos pela verdadeira libertação e igualdade.

Image by Kiana Bosman

Dia Internacional dos Direitos Humanos 2020

Reflexões sobre reparação histórica, desigualdades sociais e direitos humanos das pessoas Negras nas Américas por Sara Quiñones.

pexels-pnw-production-8091332_edited.jpg

Report

2019

O ano de 2019 foi marcante para a AfroResistance. Passamos por uma mudança de nome de Centro Comunitário da América Latina e Caribe para AfroResistance, e com isso reafirmamos nosso compromisso com as pessoas negras da América Latina e do Caribe, e nossa missão de educar e organizar para os direitos humanos, democracia e justiça racial em todo as Americas.

Apoio

Mulheres Negras Trans nas

Américas

A AfroResistance lamenta profundamente os assassinatos de nossos irmãos trans em todo o mundo e está totalmente comprometida com a construção de um mundo onde todos os negros, incluindo mulheres trans, possam viver com dignidade, respeito e honra.  

“Não podemos priorizar a morte de homens negros e, ao mesmo tempo, ignorar e até incentivar a morte de mulheres negras trans e, de alguma forma, acreditar que vamos construir uma sociedade justa para todos”  

Imara Jones , Fundadora da  Translash 

pexels-monstera-5063095_edited.jpg

Ataque

Zoom

Nós, da AfroResistance, continuaremos tomando todas as medidas para manter nossa comunidade sagrada e segura.  Não toleraremos agressões ou abusos racistas, transfóbicos, homofóbicos, sexistas, não importa de que forma, nem em qual plataforma.  Nossa prioridade agora é nomear, abordar e lidar com os danos causados e manter nossa comunidade segura e sagrada por qualquer meio necessário.